“Como fumam os garotos em Porto Alegre”

“No acampamento dos ‘catarinas'”

Estudos de operários

Croquis de prédios do Largo dos Medeiros

Layout x Lápis – composição na página 13

Estudos de aquarela -julho 2018

Pequenos passos para ver a cidade do passado

Croquis da capa do preview e cenas dos primeiros capítulos

Primeiro fanart!

Estudos de rosto para Teo, com nanquim e aquarela.

Mão na massa (2)

Dicas de como promover o seu projeto autoral

“Mulheres se destacam como ilustradoras de HQs” (Caderno Donna, ZH)

Layout: do roteiro à página

A história da cor negra no Ocidente

Como fazer um projeto de História em Quadrinhos

9 princípios bem matutados para usar mais frequentemente

Os intermitentes no país dos balões

Os intermitentes no país dos balões

Beco do Rosario

O Ibá Club

Exercícios de estilização

Imagens do trabalho na década de 1920

Otto Wiedemann

O calor e a moda

A cidade se despede de sua antiga Matriz e da Capela do Divino…

O bairro rico: Moinhos de Vento

Making of da página 45

O Areal da Baronesa

Os “ternos cintados”

O Beco do Fanha

‘Á la garçonne’

O Mercado Público

Proibido viajar nos estribos!

Testes de papéis: Fabriano 5 satinado 300g 50% algodão

“Vehiculos imprestaveis em circulação”

Testes de papéis: Canson Héritage Satinado 300g

“Um antro no coração da cidade”

O “bizarro e fino” desenhista da Porto Alegre de 1920

Cores inusitadas para senhores

“Como fumam os garotos em Porto Alegre”

As quadras perfuradas pela abertura da avenida Borges de Medeiros

“Modas 1905-1921” – entre nostalgia e alívio?

O beco que virou praça

Caderno de figurinos

Página do sketchbook com azul e rosa doré

“No acampamento dos ‘catarinas'”

Estudos de operários

Croquis de prédios do Largo dos Medeiros

A sesta do operário

“Arranha-céos” de Porto Alegre… em 1929!

Frederica no Club dos Caçadores

Horacina Corrêa: uma saudade boa de se sentir

Páginas a lápis prontas!

Usando a famosa aquarela preta

Joanídia Sodré: Brava, maestrina!

A hora deliciosa na Galeria dos Espelhos

O sobrado da Rua Riachuelo

Meias pretas ou saudades de um look

Esboço: abertura da Borges de Medeiros

A “praga do batuque” em Porto Alegre

Provérbios ilustrados

Linguagem popular na Primeira República

Rua Sete de Setembro na virada do século XIX para o século XX. Fotografia de Virgílio Calegari (PESAVENTO, 1992, p. 67)

A sombria Rua Clara e o Beco dos Marinheiros

Talvez a primeira imagem que me chamou atenção pelo estilo. Anúncio num exemplar do jornal A Federação (RS) de 1925-26. Hemeroteca do MCSHJC.

Estilo, bico de pena e desenho de imprensa

Fotografia da Travessa Angustura ou Beco do Leite na revista A Mascara de 6/2/1925. Hemeroteca do Museu de Comunicação social Hipólito José da Costa.

O Beco do Leite

Auta de Souza

Desenvolvendo o estilo… longo caminho!

Layout x Lápis – composição na página 13

Caras de bocas de Vitória

O Beco dos Guaranis (Rua Vasco Alves)

Estudos de aquarela -julho 2018

Retrato do Príncipe Custódio (Santos, 2010, p. 26)

Um príncipe africano em Porto Alegre

No Momento do Patrimônio – parte 2

Dois pincéis

Momento do Patrimônio - Ana Luiza Koehler. Foto de Marcelo Souza.

No “Momento do Patrimônio”

Uma semana de “morabeza”*

A “guerra ao chapéo”

Sombras do Recife

O Beco foi selecionado!

Desenhando o Largo dos Medeiros

“A maman do novo penteado”

Erika Giovanna Klien

De volta! – post de retorno do Beco

Beco da Garapa (atual Rua General Câmara)

Praticando com bico de pena

O beco Curral das Éguas

Algumas aquarelas de setembro

O que é uma avenida?

Lampião a querosene de 1928 da coleção do Centro Cultural CEEE Erico Veríssimo

Uso de imagem e Direitos Autorais

Aquarelas do feriado de 7 de setembro

Remanescentes do Beco do Trem?

Detalhe da Planta de Porto Alegre de 1839

OS BECOS ATRAVÉS DAS PLANTAS DE PORTO ALEGRE

Aquarelas de julho

A Porto Alegre colonial

Moda de cavalheiros

Mais interiores da década de 1920

O mosaico da Rua da Praia

Alcides Cruz

O BECO DA CADEIA É HOJE UMA GRANDE AVENIDA

BECO DA ÓPERA (RUA URUGUAI)

Referências

O Beco do Rosário na década de 1920.

O Beco do Rosário

Personagens principais

A história

Algumas cores na década de 1920

Traços da General Paranhos?

É um longo caminho

 Beco do Oitavo (atual Avenida André da Rocha)

O Beco do Império

Guia de Edição de Balões e Textos para histórias em quadrinhos

Tutorial de colorização digital

Calças em Bagé?

Estudos de Prédios

Beco do Couto (atual Rua Senhor dos Passos)

Exposição na Galeria Hipotética

Salas de 1927

Paletas de cores das cenas 4 e 5

Beco do Jacques – Casas daquele tempo

Aquarelas em papel pólen

Você já deu um rolê no beco do jacques?

Engraçados cavalheiros

Chapéus de 1925

O que é um beco?

Paletas de cores para o volume 1

Era uma vez a Rua General Paranhos

O chapéu de Dona Carlinda

Arlindo

Prefeito gato

Seu Alexandre

Cores, cores

Pequenos passos para ver a cidade do passado

“A Mulata”, ou curiosidades em desenhos

Demolindo becos: a rua General Paranhos

Croquis da capa do preview e cenas dos primeiros capítulos

Primeiro fanart!

O FIQ passou, mas o trabalho não pára!

Matéria de Erick Azevedo no Jornal Para Todos #2

Capa do preview da HQ "Beco do Rosário"

Programação no 8º FIQ-BH

Estudos de rosto para Teo, com nanquim e aquarela.

Mão na massa (2)

Coluna "Caixa Urbana", da edição de 17/01/1926 do Correio do Povo.

CAIXA URBANA – Correio do Povo, 17/01/1926

Menu