Estudos de aquarela -julho 2018

Como alguém que trabalha tanto com linha, conciliá-la com a cor nem sempre é fácil. Por isso, me propus a fazer exercícios contínuos de colorização afim de explorar possibilidades da aquarela nos meus desenhos. Como é sabido, há várias formas de abordar a aquarela em termos de estilo, e além de dominar a “mecânica” básica da técnica, é preciso apropriar-se dela de forma a produzir algo novo, reinterpretá-la.

Aqui vão, então, alguns exercícios que tenho feito no meu sketchbook de aquarela (papel Hahnemühle 425g e tintas Winsor & Newton) afim de simplificar e melhorar a textura da cor… Segue a luta!

Deixe uma resposta